JORNAL MILÊNIO VIP - O Primeiro Dia do Resto de Nossas Vidas

Colunistas - Robson Pereira

O Primeiro Dia do Resto de Nossas Vidas

Publicado na edição 114 de Agosto de 2011

Uma sensação  jamais vista. A esperança vence o medo e a tristeza deu lugar à alegria. Magé  jamais será a mesma depois desse 31 de julho de 2011.  Uma verdadeira aula de cidadania foi ministrada silenciosamente pelos milhares de corações valentes, que não fugiram à luta e nem se omitiram da responsabilidade de atingir os corações necessitados de respeito e dignidade. Fomos guerreiros e protagonistas de uma nova era, onde esperamos ter sabedoria para mudar juntos a nossa própria história.

Como seres humanos, devemos reconhecer que temos fraquezas, vaidades e necessidades. Por isso quero pedir ao nosso povo que olhe para esse momento, como  momento impar. Que não julgue muito. que tolere o tolerável , e principalmente que reconheça  cada  militante nessa nobre luta de resgate, como cidadão passível de erros,  portador de misérias humanas e   também seres humanos com comprovada sede de mudança,  verdadeiros heróis da resistência.

Quero dizer que como profissional de educação, formado e apaixonado pela história do nosso País e particularmente pela história do nosso município,  declaro  meu total apoio e esperança aos profissionais que o nosso prefeito irá selecionar para ajudá-lo a governar. Na verdade, temos que torcer e apoiar para que ele seja iluminado e faça sua escolha pensando em Magé.  Na segunda feira após o Pleito Eleitoral, me senti muito mal, quando percebi o meu nome envolvido numa espécie de leilão, como se eu realmente estivesse brigando por uma fatia do bolo. Me peguei pensando na tal miséria que a pouco me referia, e rapidamente veio uma indagação interior: Que situação é essa na qual eu estou envolvido? O que é isso que estou sentindo? Porque isso está acontecendo? Vou responder para todos o que respondi para o meu coração: Tudo que tenho, tudo que aprendi até hoje e tudo que pude fazer pelas pessoas que passaram por minha vida, foi por que o meus Deus assim o quis. E se tudo isso é obra Dele, é por Ele que temos que nos motivar e  nos tornarmos  seres- humanos melhores. Sem me alongar nos detalhes, quero dizer que em todo período de construção do projeto de libertação de nossa cidade trabalhamos para que o dia 31 de julho fosse para a nossa sofrida população  o ÚLTIMO DIA DO RESTO DE NOSSAS VIDAS,  e se realmente não tomarmos a atitude de mudar a nossa realidade, partindo das nossas ações, nos libertando das vaidades e disputas por fatias de um bolo que a nossa população merece receber inteiro, não estaremos colaborando para realmente eternizar esse 1º de agosto como o PRIMEIRO DIA DO RESTO DE NOSSAS VIDAS.

Um grande abraço!

Robson Pereira de Mello, acreditando que a EDUCAÇÃO É O ÚNICO CAMINHO.

Robson Pereira
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui