JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Mauri Vieira

O Homem no Poder ou o Poder no Homem?

Publicado na edição 119 de Fervereiro/Março de 2012

Muitos acreditam não haver diferença, outros dizem que para se conhecer o homem bastam lhe dar poder, outros acham que com poder o homem se modifica etc...

Mas enfim, há ou não diferença?

Vamos analisar com calma para não confundir. O HOMEM NO PODER domina o poder exerce o poder com seriedade, pulso forte, toma decisões com competência, sabedoria e faz do poder uma ferramenta importantíssima para o desenvolvimento. Ele faz com que a máquina administrativa tenha suas engrenagens sincronizadas e assim promove, sem sombra de dúvida, um progresso em todo segmento da sociedade, é vulcão administrativo. Com inteligência faz acontecer, faz o povo feliz. Com o HOMEM NO PODER a educação, a saúde, a geração de empregos, a conservação dos bens públicos atendem, plenamente as necessidades do povo.

Durante a minha infância e juventude conheci dois HOMENS NO PODER e até hoje ninguém conseguiu sequer se aproximar de ambos. Inacreditável não? Um foi prefeito de Magé até 1952 e chamava-se JOSÉ ULLMANN JUNIOR e o outro foi prefeito de São Gonçalo e chamava-se JOAQUIM LAVOURA. Esses homens realizaram obras em seus municípios que ninguém, depois de ambos conseguiu realizar.

Em Magé tudo o que se vêm lembra JOSÉ ULLMANN, DELEGACIA, CORREIOS, FORUM, GRUPO ESCOLAR VISCONDE DE SEPETIBA, CALÇAMENTO E ILUMINAÇÃO DE TODA A CIDADE PREDIO DO GOVERNO (PALACIO ANCHIETA) ENTRE OUTROS.

Em São Gonçalo idem. O prefeito LAVOURA quando faleceu era tão pobre que foram alguns amigos que pagaram as despesas de seu sepultamento.

E O PODER NO HOMEM, aí muda tudo, o poder muda sua personalidade, torna-o inconseqüente, insensato, confunde tudo, houve maus conselhos, toma atitudes que somente atende aos interesses políticos beneficiando a poucos a custa do sacrifício de muitos que, na sua simplicidade e esperança confiaram seu voto aquele que acreditou ser o HOMEM NO PODER e acabou elegendo o PODER NO HOMEM, que tristeza.

Está na hora de começarmos a caça ao HOMEM NO PODER e banir neste país o PODER QUE DOMINA O HOMEM, de tal forma que ninguém, mas ninguém mesmo sente a mínima vontade de VOTAR.

Se estou sendo pessimista me desculpe, meu irmão, mas é ou não esta a realidade que vivemos?

 



Mauri Vieira
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui