JORNAL MILÊNIO VIP - Enfim um santo nascido em Magé

Colunistas - Antônio Seixas

Enfim um santo nascido em Magé

Publicado na edição 121 de Maio de 2012

O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, O. Cist., deu início ao processo de beatificação do Dr. Jerônimo de Castro Abreu Magalhães (1851-1909), engenheiro civil e proprietário da Fazenda Santa Fé (Carmo, RJ), nascido em Magé, filho do negociante português Fernando de Castro Abreu Magalhães e de D. Rosa Guimarães (também nascida em Magé).

No dia 23 de dezembro de 2011, Dom Orani Tempesta realizou a posse canônica da comissão responsável pela pesquisa histórica acerca da vida e das virtudes desse ilustre mageense e de sua esposa, Zélia Pedreira de Castro Abreu Magalhães (1857-1919), que na viuvez ingressou no Convento das Servas do Santíssimo Sacramento, no Largo do Machado, no Rio de Janeiro, adotando o nome de irmã Maria do Santíssimo Sacramento. A solenidade contou com a presença do postulador italiano Paolo Vilotta, da Congregação para a Causa dos Santos. A fama de santidade do casal é testemunhada pelos seus próprios filhos (três homens e seis mulheres) que ingressaram em diferentes ordens religiosas, bem como pelas obras de misericórdia realizadas.

A fim de fomentar a devoção popular, no dia 25 de março de 2012, foi realizada a Santa Missa de entronização dos retratos de Jerônimo e Zélia, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, no bairro da Gávea, presidida pelo vigário episcopal para a Vida Consagrada e responsável pelos processos de candidatos à causa dos santos da Arquidiocese do Rio, Dom Roberto Lopes, OSB.

Terra abençoada pelo Beato José de Anchieta e berço de Dom Paulo Francisco Machado, Bispo de Uberlândia, Magé enfim verá um filho seu elevado à honra dos altares. Servos de Deus Jerônimo e Zélia: Intercedei por nós!

 

 

Antônio Seixas
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui