JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Roberto Silva de Siqueira

AS ELEIÇÕES ESTÃO CHEGANDO. E AÍ ELEITOR?

Publicado na edição 125 de Setembro de 2012

Eleição, eleger, votar. Tudo tem a haver com escolha, opção, direção. Mais, no fundo, no fundo, tem a haver com decisão.

Segundo a enciclopédia livre, Wikipédia, ELEIÇÃO é todo processo pelo qual um grupo designa um de seus integrantes para ocupar um cargo por meio de
votação.

Vivemos em sociedade e nos organizamos de maneira tão complexa e somos tão numerosos que fica impossível reunir todo mundo, a toda hora, para decidir sobre as questões que surgem. Sendo assim, instituímos um sistema que permite que as pessoas sejam representantes e representadas por outras pessoas, ocupando funções que permitirão, com a legitimidade de toda a população, tomar as decisões necessárias.

No Brasil, este processo de escolha é feito pela Justiça Eleitoral e o principal requisito para participar das eleições é o de estar alistado como eleitor obtendo o chamado título de eleitor.

E aí, temos a regra de que, com 16 anos posso ser eleitor, mais votar é uma opção. No entanto, com 18 anos de idade votar passa a ser obrigatório. Porém, se quero ser representante, ou seja, quero concorrer e ser votado preciso, dentre outros requisitos, além do alistamento eleitoral, estar filiado a um partido político.

Pronto é só isso? Não. Para ser vereador tenho que ter no mínimo 18 anos de idade; se Prefeito, Vice, Deputado Estadual ou Federal, 21 anos; se Governador ou Vice, 30 anos; e se Presidente, Vice e Senador, 35 anos.

Então, em poucas linhas verificamos o que é eleição, processo eleitoral, o que fazer para votar e ser votado. Mais observem, estes são os componentes objetivos de uma eleição, uma casca, um embrulho. Quem dá a vida, a alma, o espírito a este processo de escolha somos nós, os eleitores de um lado e os candidatos do outro.

E somos nós que temos a responsabilidade de por ação ou omissão determinar o nível dos representantes que teremos, tanto para o legislativo quanto para o executivo.

Querendo ou não, gostando ou não, no dia 07 de outubro teremos novos mandatos de 04 anos conferidos aos candidatos. Como estamos numa eleição municipal, novos mandatos para Vereadores e Prefeito.

Muitos dirão: como não gosto de política, eleições, mentiras, etc, vou anular meu voto, vou votar em branco, não vou nem votar. Cuidado, tudo na vida é escolha. Escolhemos o que vestir, quem namorar, estudar ou não, fazer alguma coisa ou não. Mas, tudo tem consequência.

Você sabe o que um Vereador faz? E o Prefeito, sabe quais são suas atribuições? Imagine que Você tenha um filho ou parente, com 05 ou 06 anos de idade, época de ingresso na rede de educação. Se o Prefeito eleito não tiver um compromisso com uma política de educação de qualidade, este prefeito só poderá ser trocado 4 anos depois. Seu filho já terá 09 ou 10 anos. Se neste período, por conta de uma política errada ou equivocada, ele não tiver acesso a uma educação adequada, é um tempo que dificilmente será recuperado. Pode significar uma enorme defasagem quando do  ingresso dele no mercado de trabalho.

Este é apenas um exemplo onde tento chamar a atenção para o eleitorado que não está nem aí para as eleições. Quero mostrar que o candidato recebe um cheque em branco para durante 04 anos falar em nosso nome pois, o prefeito e vereador eleitos, não governarão só para quem os elegeu, mais para todos do município.

Num mundo globalizado, onde a informação é livremente e transmitida de maneira instantânea pelas redes sociais e meios de comunicação, é impossível não saber alguma coisa sobre os candidatos: quem são, o que foram, suas propostas em fim, tudo o que o eleitor precisa para basear sua decisão.

Uma dica. A Justiça Eleitoral, em seu site
www.tre-rj.gov.br/eleicoes_2012, disponibiliza informações sobre cada candidato: propostas, bens que possui declarados à receita federal, quando pretende gastar na campanha, que processos responde ou respondeu, se participa de coligação com outros partidos, dentre outras informações. 

Algum pensador, que no momento não lembro o nome já disse: Quem tem ojeriza a políticos por eles é governado.

Pense nisso, você quer ajudar a decidir quem vai nos representar e governar por 4 anos, ou vai deixar que façam isto por Você? As eleições estão chegando. E AÍ ELEITOR?

 

Roberto Silva de Siqueira
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui