JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Rosinha Matuck

AOS ARTISTAS

Publicado na edição 127 de Novembro de 2012

Como seria a vida se não houvesse a arte para mitigar a dor de viver e transformar, mesmo a dor, em prazer? E o que seria de nós sem o dom de sonhar? O sonho alimenta a esperança e nos mostra o caminho a trilhar. Mais que promover entretenimento, repouso para o espírito, a arte tem uma função social e o artista, com sua capacidade de captar e materializar ideias e sentimentos em forma de beleza, consegue traduzir e transmitir as tendências e os desejos da sociedade, tornando claro o que era obscuro. Como disse alguém:

“Alimentar o sonho de uma vida melhor, para si e para a coletividade, é uma das funções principais da atividade artística.E, nesse aspecto, a cultura e suas diversas formas de manifestação revelam-se revolucionárias, transformadoras da sociedade, das relações dos sentimentos humanos.”

Parabéns aos corajosos artistas mageenses que, sem incentivo, ousam transpor barreiras até internacionais mostrando seu trabalho e elevando o nome do município, mesmo sem que este os reconheça. A esses sonhadores e visionários profetas, a nossa homenagem.

O SONHO DO PROFETA
Fruto Sagrado

Sou um homem comum, sou um sonhador 
A demência do mundo não vai me infectar
Não vou me render ao suborno da razão
Não vou me render... eu quero sonhar!
Tenho que mover a pedra, fazer a minha parte
Abandonar o lamento, sair da inércia
Do coma profundo da mente e da alma
Quebrar as correntes mudando a história!

Sonhar... o sonho do profeta! 
Viver... o sonho de Deus!

Sou um visionário, sou um missionário
Um profeta do novo milênio
Do céu eu sou um embaixador
Um homem comum que sonha o sonho de Deus!

Na cruz a redenção foi maior que a queda! 
A cruz foi maior!
Na cruz a redenção foi maior que a queda!
A cruz é maior!

Sonhar... o sonho do profeta
Viver... o sonho de Deus!

Quero ver e viver numa nova terra!
Quero ver e viver num novo céu!
Num mundo sem lágrimas amargas,
Num mundo sem lágrimas de dor,
Sem o vírus do ódio espalhado no ar,
Sem o vírus do ódio espalhando rancor,
Porque eu sou um agente de transformação

Metabolizando sons, metabolizando unção!
Porque eu sou um agente de transformação!

Metabolizando sons, metabolizando unção!

 

Rosinha Matuck
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui