JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Antônio Seixas

Sesquicentenário de Joaquim Mallet de Souza Soares

Publicado na edição 132 de Julho/Agosto de 2013

Joaquim Mallet de Souza Soares nasceu em 23 de junho de 1863, na cidade de Magé, e faleceu em Niterói, a 15 de abril de 1934. Iniciou no Rio de Janeiro o curso de medicina, mas transferiu-se para a Faculdade da Bahia, onde concluiu o doutorado em 1887. Começou a clinicar em Niterói, onde fundou com Francisco Portela e outros colegas a primeira Sociedade de Medicina e Cirurgia de Niterói em 1897. Foi também fundador da Sociedade Fluminense Protetora dos Animais (1911) e da Associação dos Empregados do Comércio e Indústria de Niterói (1920). 

Em dezembro de 1889 ingressou no Diretório Estadual do Partido Republicano Fluminense. Em 1892 elegeu-se deputado a segunda Constituinte Estadual. Numa das primeiras sessões apresentou projeto reduzindo de 25 para 10 mil réis a diária dos parlamentares. Alberto Torres negociou com Alfredo Backer a retirada da proposta e ele, revoltado, renunciou ao mandato.

Pioneiro entre nós da doutrina social-trabalhista fundou o Partido Operário Socialista, defendendo a participação direta do proletariado na gestão pública. Para amparar financeiramente os correligionários, em sua maioria trabalhadores pobres, criou ainda em
1892 a Sociedade Empréstimo Operário.

Radicalizou a postura política, a ponto de exigir que os parlamentares abrissem mão do tratamento de “Excelência”, além de prosseguir na censura aos elevados subsídios e gratificações que recebiam dos cofres públicos. Desiludido com a política fluminense dedicou-se exclusivamente à medicina.

 

 

 

Antônio Seixas
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui