JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - João Wood

CONHECER-SE

Publicado na edição 132 de Julho/Agosto de 2013

Conhecer-se é sentir-se. Sentir-se em sua integridade, propiciando ir ao encontro do amadurecimento espiritual, ao descobrir o ser divino que lhe habita. Sentir-se é um caminho iniciático de aceitação de suas contradições, para prosseguir em sua jornada. Jornada esta fundamentada na fé, sem vestígios de vaidade e de ganância, que obstaculizam não apenas sua evolução como do todo no qual se insere.

Conhecer-se é permitir-se. Permitir-se ter a posse de si de forma a dominar o seu destino encontrando seu Eu Profundo para exercer, com consciência, seu poder criativo.

Conhecer-se é libertar-se. Libertar-se sem deixar a sua responsabilidade com Deus contemplando suas obras; libertar-se revelando aos demais a verdade com discernimento e de modo altruísta.

Conhecer-se é descobrir-se. Descobrir-se interiormente pela própria espiritualidade e unir-se a seu ego através do amor, percebendo a vontade que o motiva em sua existência.

Cada ser é único. O desenvolvimento espiritual se faz essencial para a iluminação do todo, no qual o crescimento da humanidade se fará por suas experiências e onde a vontade se estabelecerá como diretriz da própria espiritualidade humana.

Cada ser é uma divindade que possui liberdade filosófico-espiritual para guiar-se rumo à iluminação e à sabedoria. Cada ser é dicotômico, em sua essência de luz e sombra, necessitando equilibrar-se, dinamicamente, nos antagonismos necessários à evolução.

O conhecer-se de cada ser é sentir, permitir a liberdade de sua individualidade no todo, além de sentir o todo em seu ser. Cada ser é Deus que em tudo está; é centelhas do criador, que se têm na alma, buscando o equilíbrio seja de que maneira for. Nada se sabe como se dá o processo, mas ele acontece.

Conhecer-se é sentir o processo evolutivo e deixá-lo fluir, sem culpas e sem medos. Conhecer-se é libertar-se no amor e na vontade de ser-se no todo.

João Wood
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui