JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Mauri Vieira

Dia de finados

Publicado na edição 136 de Dezembro de 2013

Durante toda minha vida ouvi várias interpretações, histórias, ditos populares, ser este dia o dia dos mortos. Etc..

Muitas pessoas, por desconhecimento, ainda tem uma visão completamente distorcida sobre esse dia.

Celebramos este dia em 02 de novembro. Porque celebramos, celebramos vida e não morte. Aí você me pergunta. Mas dia de finados não quer dizer dia dos mortos? Não e, vou lhe explicar. Para nós, católicos a morte não existe. A morte foi vencida com a ressurreição de Cristo. Como entender isto:

Quando alguém muito próximo de nós deixa o mundo terreno ganha a vida nos braços de Deus, vai morar com ele, desfrutar de uma nova vida, a vida que também teremos um dia.

Choramos e sentimos a separação porque saudades sentiremos e neste dia aproveitamos para relembrar os bons tempos em que estivemos juntos.

Convido a você fazer, junto comigo, uma reflexão. Deus, para muitos, não existe, alegam nunca te-lo visto, tocado nele, falado com ele olho no olho. Muitas e muitas pessoas podem testemunhar, por profundo conhecimento, a existência de Deus. E os incrédulos dizem: isto não me basta, acreditar só por ouvir alguém falar, quero provas concretas. A natureza é uma prova concreta. 

Vamos pensar um pouco: Você lembra-se dos nove meses que passou no ventre materno, lembra-se do dia do seu nascimento? Lógico que não. Mas você acredita ser aquela senhora que o alimenta que lhe faz carinho, que lhe chama de meu filho ser sua mãe. Que prova você tem? A prova é que alguém lhe disse ser esta senhora sua mãe e, você acredita.

Outras pessoas não reconhece MARIA DE NAZARÉ, como santa, escolhida para gerar o filho do Deus altíssimo. Há pessoas que admitem que ELA não foi mãe de um único filho, não agreditam que ELA é a grande intercessora da humanidade.

Você gostaria de, juntamente com sua mãe visitasse alguém e este lhe convidasse a entrar e deixa-se sua mãe lá fora? Assim acontece com JESUS, ele fica muito triste com as pessoas que renegar sua mãe. Pense nisto. 

Deus quis restabelecer o vinculo com a humanidade, perdido pelo pecado de Adão e Eva tornando-se humano gerado no ventre de uma virgem, MARIA DE NAZARÉ que gerou no seu ventre JESUS que veio ao mundo para restabelecer este vínculo morrendo por nós, para nossa salvação, ressuscitou no terceiro dia vencendo a morte. Sua mãe é santa e nossa INTERCESSORA, acredite nisto. Mas se você não acredita meu irmão, 
CONVERTA-SE.

Mauri Vieira
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui