JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Antônio Seixas

De quando é a capela do Bonfim?

Publicado na edição 136 de Dezembro de 2013

 Dia desses passando em frente à capela de São José Operário deparei-me com uma facha convidando para a festa dos 130 anos da capela do Bonfim, que é tombada pelo patrimônio histórico estadual desde 1989. Das duas, uma: ou os padres desaprenderam a contar ou ignoraram o que está escrito no livro tombo da própria paróquia. Consta no supracitado livro uma anotação feita em 1907 pelo padre João Batista Fortini, pároco de Magé de 1907 a 1924, referente a capela de Nosso Senhor do Bonfim.

Diz ele que esta capela foi construída em 1876 pela Sociedade de Música Recreio Mageense e que a provisão para celebrações foi passada em novembro de 1877. Padre Fortini está absolutamente correto, pois suas informações vão ao encontro do que consta no Almanak Laemmert do ano de 1876, onde se lê que a dita sociedade musical tomou a seu encargo a construção da capela, que se pretendia inaugurar no ano seguin te. Em mais de uma ocasião já esclareci, através da imprensa, que a data de 28 de agosto de 1883 encontrada na capela diz respeito a construção da parede sineira e da sacristia.

Porém, as palavras, ou melhor, os jornais de Magé, o vento leva. Se considerarmos que a provisão canônica foi passada em 1877, data em que a capela entrou em uso, então, em 2013 a capela do Bonfim completou 136 anos. Nosso Senhor do Bonfim, tende piedade por nós!

Antônio Seixas
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui