JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Darke Baptista

Os ratos de Magé

Publicado na edição 144 de Setembro de 2014

O título desta matéria nos remete a um assunto que, se não fosse trágico, seria cômico. Por esses dias publicaram nas redes sociais a imagem de um rato deitado sobre sacos de açúcar, dentro de um supermercado no primeiro Distrito de Magé. Daí a pergunta, O que fazer?. Existem órgãos Estaduais e Municipais incumbidos da tarefa de fiscalizar a sanidade dos estabelecimentos que tem como objeto a venda de produtos alimentícios, que são a Vigilância Sanitária e o Procon, que, diga-se de passagem, existe em nosso Município, chamado Procon/Magé. Temos ainda uma legislação muito forte em defesa do consumidor, que é a Lei 8.078/90, Código de Defesa do Consumidor. Assim como a questão dos Ratos, o consumidor deve estar atento para os produtos vencidos e sem especificação de prazo de validade, diferenças entre os preços informados nas prateleiras e os registrados nos caixas, carne previamente moída, produtos sem data de fabricação. Quanto à questão dos ratos, pensamos que já é passada a hora do poder público viabilizar um projeto de urbanização do canal no Centro de Magé, que é um verdadeiro esgoto a céu aberto, potencializador dessas pragas urbanas (ratos). Sem contar o mal cheiro e degradação visual. NÃO SERIA NADA MAL, UM PASSEIO PÚBLICO NO CENTRO DE MAGÉ, AO INVÉS DE UM ESGOTO À CÉU ABERTO!   

Darke Baptista
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui