JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Antônio Seixas

Academia Mageense de Letras comemora 26º Aniversário

Publicado na edição 144 de Setembro de 2014

A Academia Mageense de Letras, sob a presidência do acadêmico Ailson Cardoso de Oliveira, comemorou na noite do dia 26 de agosto seu 26.º aniversário de fundação. Prestigiaram o evento, no auditório da OAB-Magé,  os secretários municipais Paulo Vaz (de Governo), Sérgio Venâncio (de Segurança Pública) e Tânia Mara Gouvea Rego (de Trabalho e Renda), além da presidente da Fundação Educacional e Cultural de Magé, Prof.ª Alcília Brandão Teixeira.

Na abertura da solenidade, o presidente Ailson Cardoso convidou o acadêmico Antônio Seixas, 1.º secretário da Academia, o Dr. Carlos Alberto Larcher, representando o Rotary Clube de Magé, a Prof.ª Alcília Brandão e Paulo Vaz, representando o prefeito Nestor Vidal, para comporem a mesa.

Em seguida, Ailson Cardoso convidou o acadêmico Tassélio de Souza Pereira, vice-presidente da Academia, para conduzir o novo acadêmico Alfredo Brandão para ser empossado na cadeira n.º 22, cujo patrono é o jornalista José do Patrocínio. O discurso de saudação do novo imortal ficou a cargo do acadêmico Antônio Seixas, que traçou um panorama da trajetória do empossando, que há onze anos preside o Grêmio Musical Mageense. Em sua fala, Alfredo Brandão recordou os laços que unem o Grêmio a Academia, bem como destacou os antigos ocupantes da cadeira n.º 22, o historiador Renato Peixoto dos Santos e o jornalista Jorge da Matta Freire. E concluiu declamando um poema de autoria do Padre Fábio de Mello.

A jornalista Rosa Maria Matuck recebeu das mãos da acadêmica Neuza Carion o Prêmio Amigo da Cultura conferido pela Academia a personalidades que se destacam na defesa da cultura mageense.

O presidente Ailson Cardoso fez, então, a entrega do Diploma do Mérito Cultural Poetisa Risoleta Matuck a Prof. Alcília Brandão, a Paulo Vaz, a Sérgio Venâncio, a Carlos Alberto Larcher e a Thiago Souza, diretor cultural da Fundação Educacional e Cultural de Magé. A premiação é uma homenagem da Academia ao centenário de nascimento da poetisa Risoleta Goulart da Silveira Matuck, conhecida como a Patativa de Magé.

O acadêmico Antônio Seixas comandou a roda literária especial, oportunidade em que os acadêmicos Antônio Senna Pires, Iraí Verdan, Josué Delze Proença, Mário Coelho, Neuza Carion, Paulo Renato de Oliveira Furtado, Rita de Cássia da Silva Coelho e Tassélio de Souza Pereira declamaram as trovas premiadas no décimo concurso promovido pela Academia, que contou com a participação de poetas do Brasil e de Portugal.

Antônio Seixas
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui