JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Ivone Boechat

O peso de ser

Publicado na edição 148 de Janeiro de 2015

Construir o momento, recriando a vida retocando o sonho, são alternativas para o controle mecânico das emoções, num mundo impregnado de peso e pesares.

O poeta não é um sujeito com ideias dispersas, desligado da realidade. É um profeta, sintonizado com o futuro, que flutua nos véus da coerência. Tudo vê, tudo sente! Nos braços da poesia se abriga. Não se esconde, todavia, sofre na lágrima das palavras e contém seu choro nos versos.

A responsabilidade de ser, como essência que transcende, coroa de consequências todas as metas mal traçadas, e transborda o cálice de amargura nas decisões equivocadas. A crucificação da vida, nos calvários de cada dia, vai fortalecendo o amor, acordando a fé e restabelecendo o caminho, ressuscitando o amor.

Convém que se conduza e esperança no andor de todos os propósitos e nos fervores da prece. O Autor da vida investe condições para a sabedoria da existência. Viver é um dom!

A ressurreição das manhãs e das pessoas embala o fortalecimento de ser. É preciso entender o significado da origem e a finalidade das transformações.Sem a metamorfose da morte e a perplexidade do juízo final, todas as coisas perderiam a importância. Uma vida se confessa no arrebatamento.

A essência do ser não tem medida nem conta. Nos olhos da vida, a tecnologia dos pontos de vista dispara, sem retorno; permanece o “taipe” da prestação de contas do não ser.

 

 

Ivone Boechat
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui