JORNAL MILENIO VIP

Colunistas - Neuza Carion

Mulher

Publicado na edição 157 de Fevereiro de 2016

Tempos atrás, quando estava voltando a escrever depois de anos de jejum, joguei (literalmente...) no papel meus sentimentos de dúvida, insegurança, medo, esperança, perplexidade, incerteza. Estava começando a deixar a juventude, reestruturando a autoconfiança, tentando equilibrar querer e dever, conquistar e abdicar, dedicação à família e ambição profissional - e tantos outros dilemas. Enfim, coisas que toda mulher, ainda hoje, conhece e tem que enfrentar. Na busca de compreender e explicar,  entre outros “desabafos” registrei minhas constatações:

MULHER: CONTRADIÇÕES

   

Sou

Pequeno –burguesa

Idealista

Inocente

Um tanto ladina

Mulher

Menina.

Sou madura

Adolescente

Um corpo que sente

Ser racional

Rebelde

Abnegada

Tudo e nada.

Sou

Autônoma

Dependente

Dona de casa

Formada

Reprimida

Depravada.

Sou

Vaidosa

Desleixada

Exigente

Desregrada

Poetisa

De avental.

Sou

Violenta

Submissa

Em decúbito dorsal

Metida a mulher total

Arrogante

Cabisbaixa.

Sou

Mãe do ano

Incompetente

Quase livre

Sempre à mão

Demente

Mas burra não.

Vale das Pedrinhas, 17/12/87

Como já adiantei o texto não é novo, já foi publicado e lido em eventos. Mas nunca é demais lembrar... Feliz dia da Mulher! Mas quero os meus outros 365 dias (este ano é bissexto)...

 

 

Neuza Carion
Conheça o perfil pessoal de nosso colunista ou outros artigos publicados por ele
Clique Aqui