JORNAL MILENIO VIP

Notícias

Depois de confusão em Magé, Núbia Cozzolino diz que está doente

 

 

O dia de fúria de Núbia Cozzolino nas ruas do Centro de Magé, na última quarta-feira, não foi um fato isolado. As imagens chocantes da ex-prefeita completamente fora de si e desafiando a população, na verdade, são uma constante em sua carreira política e na vida pessoal. Núbia estava vestida, mas sua personalidade estava sendo despida ali, na frente das câmeras, para todo o país.

 

No dia seguinte ao vexame da ex-prefeita, o EXTRA entrou em contato com Núbia Cozzolino, para dar a ela a chance de explicar não apenas os motivos que a levaram àquele surto pelas ruas de Magé, como também para que ela pudesse se defender das acusações que vem sofrendo.

Num telefonema de quase 20 minutos, o mesmo tempo de seu rompante de quarta-feira, Núbia não conseguia articular as palavras. Alternava momentos de choro com gargalhadas, alterava a voz em tom de ameaça e não sabia, sequer, sua função na prefeitura.

— Sou professora. Aliás, sou assistente social do município. Também sou prefeita. Ninguém fala que estou sendo vítima de armação. Sou Núbia Cozzolino, o povo me conhece. Mas a única coisa que eu sou é doente. Estou mal de saúde e tomando remédios. Isso tem de ser divulgado. Mas eu não vou dar entrevista nenhuma. As pessoas têm que me respeitar — berrava Núbia, ao telefone, entre risos e lágrimas em alto volume.

Em seguida ao seu desabafo desconexo, o EXTRA perguntou à ex-prefeita se poderia retornar a ligação, no início da tarde, para saber se ela havia se acalmado e mudado de ideia em relação a uma entrevista. Numa fração de segundos, Núbia Cozzolino mudou o tom de voz. Sem atropelos, mais mansa, concordou.

— De repente, eu mudo de ideia, sim, meu filho.

O novo discurso fazia parte do show. A partir dali, a ex-prefeita continuou atendendo as ligações, mas desligava todas as vezes, no momento em que o repórter se identificava.