JORNAL MILENIO VIP

Notícias

157 anos da Primeira Ferrovia do Brasil

No sábado, 30 de abril- Dia da Baixada Fluminense a AFPF Associação Fluminense de Preservação Ferroviária com a Prefeitura Municipal de Magé, através de sua Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer comemoram os 157 anos da Primeira Ferrovia do Brasil na Estação Ferroviária Guia de Pacobaíba- Praia de Mauá-Magé-RJ.

A festividade terá inicio às 9 horas com missa pelo Padre Luiz Henrique Veridiano da Silva da Paróquia Nossa Senhora da Guia, seguido de apresentação da Banda Escolar do Município, exposição de trabalhos da artista plástica Marluce Pinto, de membros das academias de letra de Magé e Ferroviária, trabalhos de artesões mageenses, bem como exibição de filmes antigos sobre a ferrovia Mauá-Petrópolis e do projeto do arquiteto e urbanista Leonardo Picinatto da revitalização do espaço da área da Estação de Guia de Pacobaiba, hoje ocupado irregularmente por dezenas de famílias.

O evento terá a presença de autoridades, lideranças comunitárias e entidades que lutam pela reativação da primeira ferrovia do Brasil, construida por Irineu Evangelista de Souza-o Barão de Mauá e inaugurada pelo Imperador D. Pedro II em 30 de abril de 1854, num trecho de 14 quilometros até Vila Inhomirim, que seguia-se inicialmente de carruagem para cidade de Petrópolis e anos depois em trem com tração de cremalheiras.

Estará presente a bisneta do Barão de Mauá, Marquesa de Viana, Francisca Nedehf eo trineto, MArquês Eduardo André Chaves Nedehf, bem como convidados o senador Marcelo Crivella, deputados Aureo, da Frente Parlamentar Ferrovias e deputada estadual Míriam Rios da Comissão de Turismo da ALERJ -Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

A criançada terá seu espaço com o Palhaço Bandeirinha fazendo suas mágicas, brincadeiras e distribuindo brindes.

As comemorações tem apoio do Movimento de Preservação Ferroviária, Academia Mageense de Letras, Fórum Cultural da Baixada Fluminense, Academia Ferroviária de Letras, Rotary Club Magé, ACIAMA, AMOGP Associação de Moradores de Guia de Pacobaíba, comércio da Praia de Mauá, YKO Refrescos, jornal BATEPAPO e outras entidades mageenses, imprensa e movimentos populares que lutam pela reativação das barcas e trem de Mauá.