JORNAL MILÊNIO VIP - Morre vereador de Magé vítima de suposto atentado

Notícias

Morre vereador de Magé vítima de suposto atentado

Rio - O vereador do município de Magé, na Baixada Fluminense, Antônio Carlos da Silva Pereira, de 45 anos, o Tunico Pescador (PMDB), morreu na madrugada desta sexta-feira, após ser baleado em um suposto atentado na noite anterior, no distrito de Mauá. Ele chegou a ser operado no Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias, mas não resistiu. Um amigo que estava com ele também foi baleado.

Segundo policiais do 34º BPM (Magé), o ataque ao vereador ocorreu por volta das 21h30 de quinta-feira, na Praça da Coroa. Dois homens em uma moto fizeram vários disparos na direção de Tonico e de seu amigo Rafael Rufulo Tavares, de 22 anos. Pelo menos sete tiros teriam atingido o político. O jovem levou um tiro nas costas. Os criminosos fugiram em seguida. Ainda segundo a polícia, faltava luz na região e chovia bastante.

Inicialmente, o vereador e o amigo foram levados para o Posto de Atendimento Médico (PAM) de Mauá, sendo transferidos para Saracuruna. Tunico morreu por volta das 3h, durante a cirurgia. Rafael já teve alta, segundo o 34º BPM. Policiais da 66ª DP (Piabetá), onde o caso foi registrado não souberam informar se algo foi levado da vítima. Eles aguardam a presença de testemunhas para auxiliar nas investigações. Ainda não há informações sobre local e horário do seputamento.

Em maio do ano passado, uma irmão do vereador foi presa em flagrante ao tentar entregar drogas a uma outra irmã, então presa por tráfico de drogas na carceragem feminina da Polinter em Magé. Na ocasião, ele disse não ter contato com as duas há vários anos.