JORNAL MILÊNIO VIP - Moradores fazem manifestação por falta de água em Magé

Notícias

Moradores fazem manifestação por falta de água em Magé

RIO - A Rodovia BR-493 (Magé/Manilha) foi interditada na manhã desta quarta-feira, nos dois sentidos, na altura do quilômetro 20, em Magé, por moradores que protestam contra a falta de água na região. Os manifestantes chegaram a atear fogo em pneus. Uma das faixas já foi liberada por policiais rodoviários federais. O trânsito segue no sistema pare e siga nos dois sentidos.

Os moradores reivindicam a presença de um representante da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) no local. De acordo com a PRF, o congestionamento já atinge a BR-116 (Rio-Teresópolis).

Apesar da falta de água, a poucos quilômetros de onde acontecem os protestos, a Cedae capta água para abastecer as cidades de São Gonçalo, Niterói e Itaboraí, além da Ilha de Paquetá, no Rio. No município de Guapimirim, o canal artificial de Imunana bombeia água do rio Macacu para a Estação de Tratamento de Água Laranjal, em São Gonçalo, a segunda mais importante do estado.

De acordo com a Cedae, a "redução na oferta de água no município de Magé tem uma causa, a longa estiagem". Ainda de acordo com a nota da Cedae, divulgada na manhã desta quarta-feira, a "região é abastecida por dois mananciais e como não chove há 50 dias, existe, de fato, uma baixa no sistema".

A Cedae anunciou, ainda, que está investindo R$ 50 milhões no sistema e já iniciou obras de construção de uma nova captação, no Rio Roncador. A obra deve ser concluída em 20 meses e, segundo a nota, "o rio tem uma vazão maior para atender a demanda atual com projeção para crescimento futuro da cidade".


Moradores de Magé sofrem pra conseguir água! from Magé é o cu do mundo on Vimeo.