JORNAL MILENIO VIP

Notícias

Público cai na folia no terreirão do samba

Publicado na edição 129 de Janeiro de 2013

Cerca de 6 mil pessoas passaram pelo estacionamento do Super Terê na noite desta sexta-feira (25) para curtir os shows da primeira edição do Terreirão do Samba em 2013. As atrações levantaram o público que curtiu muito samba e pagode no evento que marcou a abertura oficial do carnaval de Magé.

Pedro Menezes, o Rei Momo da cidade foi apresentado à população. O jovem de 31 anos, que é supervisor administrativo do Hospital de Magé, está empolgado com o convite: - Eu sempre participei do carnaval, desde pequeno eu acompanho os blocos em Mauá. Mas dessa vez tudo é novidade para mim e me sinto recebido com muito carinho para essa missão”, comemorou. O Momo que vai governar a cidade durante a folia assumiu o posto ao som da bateria da G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis que deu um shows com as mulatas e sambas-enredo que estão na boca do povo.

Também subiram ao palco os grupos de pagode Coração Blindado e Swing&Simpatia, dos irmãos Luciano e Sandro Becker que agradeceram o carinho do público. “Magé retribuiu com muito carinho e animação o trabalho que o Swing&Simpatia trouxe para o Terreirão do Samba, a gente amou estar aqui na cidade, nos sentimos muito bem acolhidos”, explicou Luciano que fez questão de convidar uma fã para assistir do palco a apresentação da banda. “Não é uma prática comum nos shows, mas eu vi a mãe com a criança no colo pedindo pra dar o beijo na menina lá na plateia e não tinha como descer, então pedi que elas dessem a volta e viessem para o palco”, detalhou o irmão, Sandro.

A fã é Pâmela Cajão Oliveira Francisco, 24 anos, moradora no bairro Canal no 1º distrito de Magé, ficou emocionada com o convite, ela acompanha o trabalho do grupo há quase quatro anos. No Terreirão do Samba, ela teve oportunidade de ver os cantores de perto pela primeira vez e assistiu em local privilegiado. “Eu só queria que ele [Luciano Becker] desse um beijo na minha filha, mas era muito alto. Aí ele pediu para dar a volta e recebeu a gente, estou muito emocionada. Jamais achei que fosse acontecer isso”, contou Pâmela sem conter o sorriso de felicidade, com a filha Paola Jhuly de 1 ano no colo.

Mega estrutura e ambiente familiar

A primeira edição do Terreirão do Samba contou com estrutura diferenciada com palco e iluminação de alto padrão de qualidade. Por todo o local do evento a Guarda Municipal manteve a ordem e forneceu o apoio necessário para que os foliões pudesse se divertir com segurança. Para as famílias, um espaço com mesas e cadeiras coberto para assistir aos shows.

Na segunda noite, a festa começa mais cedo. A partir das 17h, começa a programação no estacionamento do Super Terê com Dj e bandas locais. Os shows da noite ficam por conta do grupo Clareou e bateria da União da Ilha.

Mauá também terá festa neste sábado (26), com início a partir das 16h no Largo da Figueira, com o Bloco Barões de Mauá, o grupo Coração Blindado e o DJ André que vão agitar o público.

Fotos