JORNAL MILENIO VIP

Notícias

"Terapia do riso" para animar pacientes no Hospital de Piabetá

Publicado na edição 145 de Outubro de 2014

Os pacientes do Hospital Municipal Vereador Hugo Braga, em Piabetá, tiveram uma manhã diferente nesta sexta-feira (10). Dr. Crispim, Dra. Dudinha, Dra. Flor, Dr. Bolinha de Queijo e Dr. Atrapalhado trouxeram um tratamento revolucionário a base de muita risada, para mudar a rotina hospitalar provocando sorrisos também na equipe técnica, nos familiares e acompanhantes que estavam na unidade de saúde.

"São coisas que a gente só vê na televisão, é bom para distrair as crianças que ficam aqui dentro do quarto e a gente vê que na hora elas já começam a sorrir com os palhaços. É bom para a recuperação", disse Zenilia Cardoso de Souza, 64, moradora de Piabetá que estava acompanhando a neta Elloa Vitória. 

A iniciativa também foi inédita para os atores que formam o Mediclowns do Amor, do grupo teatral Elienai. "Pela primeira vez viemos fazer esse trabalho num hospital, e nos sentimos acolhidos. Nosso objetivo é mudar o ambiente para quebrar o clima de tensão. Fazemos um trabalho para todos os que estão aqui, as crianças que estavam tomando injeção se distraem, e até esquecem o medo", contou Elias Dumas, de 35 anos que é funcionário do Tribunal de Justiça, e é o Dr. Crispim.

A equipe médica que trabalha com a Risologia, a arte de conquistar sorrisos e gargalhadas é formada pelo corretor Marco Mendes, trabalha há 20 anos com teatro e é o Dr. Bolinha de Quejio, Raiane Oliveira, técnica de Radiologia, que é a Dra. Dudinha, a representante comercial Daniela Vasconcelos, que nas horas vagas é a Dra. Flor, e o Dr. Atrapalhado que é o aposentado, Celio Souza.

O projeto piloto da Secretaria Municipal de Saúde busca oferecer um ambiente cada vez mais acolhedor para os pacientes. "Essa parceria vem para criar dentro da emergência um clima mais harmonioso, onde se acabe o paradigma que o ambiente hospitalar carrega por ter pessoas doentes. Queremos que o período de passagem pelo hospital seja tranquilo e traga um pouco de alegria, especialmente para as crianças. Esse projeto começou hoje em Piabetá, mas vai percorrer nossas unidades de saúde", concluiu o secretário de Saúde, Sidney Cerqueira Couto.

 

 
 

Fotos