JORNAL MILÊNIO VIP - Animais resgatados na Região Serrana

Notícias

Animais resgatados na Região Serrana

Publicado na edição 110 de Abril de 2011

Centenas de animais resgatados na Região Serrana precisam urgentemente de novos donos. O apelo vem sendo feito por veterinários, voluntários e protetores que estão trabalhando nas áreas castigadas pelas chuvas e andam preocupados com a superlotação dos abrigos, que pode levar à proliferação de doenças entre os cães e gatos. A estimativa é que nas últimas duas semanas cerca de 500 bichos tenham sido levados para viver em galpões e prédios em Teresópolis, Itaipava e Friburgo.

A veterinária Patrícia Nunes, capitã da Polícia Militar, esteve na segunda-feira em Teresópolis com outros nove integrantes do Regimento de Polícia Montada da PM para ajudar no resgate de animais e ficou chocada com o que viu: o espaço já tem 300 cães - muitos deles doentes- e a cada dia recebe mais resgatados.
- É preciso ajudar a esvaziar aqueles abrigos. Eles precisam de novos lares - diz a veterinária, que ajudou a resgatar sete cães e assistiu a chegada de mais 30 no galpão do Meudom quando este lá.

A voluntária Elizabete Filpi, a Bebete, da ONG Estimação, que coordenando o galpão em Teresópolis, conta que, apesar da situação crítica, a equipe tenta fazer as doações de forma responsável.
- Estamos tendo muito trabalho e precisamos encontrar novos lares para os que estão no abrigo. Só assim conseguiremos atender os outros que chegam. Mas somos responsáveis, não estamos doando para qualquer um, os animais são vermifugados e castrados e só os saudáveis são oferecidos.