JORNAL MILENIO VIP

Notícias

Fantasmas do passado ainda assustam Magé

Publicado na edição 152 de Agosto de 2015

Dívidas de gestões anteriores continuam consumindo parte da receita que sofre este ano perdas de 30% ao mês

No próximo dia 10 estarão sendo completados quatros anos da posse do prefeito Nestor Vidal depois de uma eleição suplementar realizada em 31 de julho de 2011 data que entrou para história como o dia do fim da opressão, do surgimento da esperança que derrotou o medo, mas a luta ainda não acabou. Mata-se um leão por dia e boa parte da receita que entra nos cofres da municipalidade todos os meses sai para pagar dívidas de um passado do qual os mageenses não gostam nem de lembrar. São sombras de um tempo de escuridão ainda assustando a cidade, estão lá e precisam ser pagas. Em 2014 o município conseguiu sair da lista de inadimplentes do governo federal, na qual figurava por conta de verbas recebidas entre 2000 e 2010, mas a Prefeitura não havia feito a devida prestação de contas. Por causa disso muito dinheiro teve de ser devolvido e pendências foram parceladas. O resultado, afirma o prefeito, é que todos os meses o município desembolsa cerca de R$ 3 milhões para pagar dívidas antigas, evitando, dessa