JORNAL MILENIO VIP

Notícias

TRE-RJ pede ajuda do Exército para eleições em Magé

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) pediu a ajuda do Exército para o trabalho de fiscalização das eleições para a Prefeitura de Magé, que acontecem domingo. A solicitação foi feita pelo juiz Orlando Eliázaro Feitosa, responsável pela fiscalização eleitoral no município, ao Batalhão do Exército de Petrópolis, na Região Serrana. O clima tenso nas eleições fez o presidente do TRE, desembargador Luiz Zveiter, convocar para hoje, às 10h, uma reunião na sede do 34º BPM (Magé), com todos os órgãos de segurança, federais e estaduais, que vão acompanhar as eleições.

A intenção do TRE é que os soldados do Exército atuem nos bairros de Fragoso, Raiz da Serra e Praia de Mauá, onde costuma existir grande aglomeração nos locais de votação. "O objetivo é coibir a boca de urna", explica o coordenador de fiscalização de propaganda eleitoral em Magé, Wagner Rabello. Ele disse que a média de denúncias sobre irregularidades aumentou de 20 para 30 nos últimos dias.

Na reunião de desta quinta-feira, além de Luiz Zveiter, vão participar a chefe da Polícia Civil, delegada Martha Rocha; o comandante da PM, coronel Mário Sérgio; o superintendente da Polícia Federal, delegado Walmir Lemos; e o superintendente substituto da Polícia Rodoviária Federal, Sergio Valente.

Oclima tenso é explicado pela polarização das eleições entre o candidato Nestor Vidal (PMDB), apoiado pelo governador Sérgio Cabral, e o vereador Werner Saraiva (PTdoB), que tem o apoio da família Cozzolino, nesta quinta no poder. O atual prefeito é Dinho Cozzolino, que assumiu o lugar da irmã, Núbia, afastada ano passado por improbidade administrativa.